O que é e qual a importância do Clipping?

O que é e qual a importância do Clipping?

Por Rodolfo Zanchin

Quando uma agência de assessoria de imprensa ou relações públicas trabalha o relacionamento com a imprensa e influenciadores para uma empresa, organização, pessoa pública ou produto, é necessária uma avaliação de resultados, isto se dá através do clipping.

Para entender a importância do clipping é essencialmente saber que ele se trata de algo básico: o recorte de publicações, seja na imprensa ou nas redes sociais. Esse recorte se dá em matérias impressas, publicações online, veiculações em rádios ou TV. O clipping pode ser feito sobre um tema específico, sobre uma empresa, organização ou mesmo sobre um setor. Para as empresas que trabalham com uma agência de assessoria de imprensa, ou agência de relações públicas, é importante que se faça a mensuração de resultados conquistados por meio desse trabalho, aparentemente básico, mas muito estratégico.

Dessa forma, com todos esses recortes de matérias, é realizada a compilação dessas veiculações que remetem a imagem da empresa, produto, organização  etc. e que são enviadas de forma diária, semanal e mensal. Através desta listagem que conseguimos ter uma real noção do trabalho executado. Baseado nessas publicações, a agência de assessoria de imprensa ou relações públicas faz a mensuração de resultados e consegue dimensionar se o trabalho está sendo executado de forma estratégica e alinhada com os interesses da empresa. Essas mensurações podem ser feitas de diversas formas, desde quantidade de pessoas possivelmente impactadas, tipo de veículo, região, centimetragem e uma série de outras maneiras de medições.

Confira alguns pontos sobre a importância do clipping:

  • Imagem / Reputação

Como sabemos, a reputação é frágil e através do clipping podemos mensurar como a empresa, organização ou pessoa pública é vista no mercado.

  • Estratégias no plano de comunicação

Através da análise dos resultados, podemos identificar falhas no processo de comunicação, avaliar os objetivos cumpridos e até mesmo possíveis retornos financeiros.

  • Decisões futuras

Identificar tendências do mercado auxilia a equipe de comunicação a antecipar crises e enxergar novas oportunidades.

Ficou interessado sobre o assunto? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços oferecidos pela Race Comunicação.

Leia mais

5 benefícios de se fazer um media training

Por Alan Mariasch

As vantagens do media training vão muito além de simplesmente treinar porta-vozes sobre como eles devem agir durante entrevistas. Por meio dessa ferramenta, esses executivos passam a compreender melhor o papel fundamental da assessoria de imprensa dentro da estratégia empresarial. Confira abaixo os principais benefícios de se realizar um media training.

1- Simulação

Permite que os porta-vozes treinem vários tipos de entrevistas, para diversos meios (televisão, rádio, etc), inclusive aquelas que os coloquem numa situação de maior pressão. Vários cenários são testados, e o treinamento pode incluir a participação de jornalistas consagrados.

2- Key messages

De maneira didática, os executivos aprendem o que são as key messages (mensagens estratégicas de determinada organização) e a importância delas serem destacadas durante a entrevista.

3- Gerenciamento de crise

Um dos principais objetivos do media training é ensinar aos porta-vozes como agir em situações de adversidades, e também como fazer para evitá-las. Muitas crises começam por causa de declarações equivocadas à imprensa, ou pelo fato da empresa se negar a atender os jornalistas.

4- O que fazer e o que não fazer

Dicas práticas como orientações sobre postura corporal, gestual e não-verbal, que palavras nunca usar, além de quais roupas evitar são fundamentais no treinamento dos porta-vozes, para que dessa forma eles consigam ganhar mais credibilidade na mídia. Assim passem a ser reconhecidos pelos jornalistas como referências em suas áreas, sempre sendo convidados para entrevistas.

5- Papel estratégico da comunicação corporativa

Os executivos têm aulas sobre o funcionamento da imprensa, com detalhes sobre o cotidiano dos jornalistas. Além disso, estudam sobre como é o trabalho da assessoria de imprensa. Dessa forma, eles têm um panorama geral sobre a comunicação corporativa, e podem colaborar de forma mais efetiva tanto na hora de propor uma pauta, como em estratégias mais elaboradas.

* Alan Mariasch é assessor de imprensa na Race Comunicação

Interessado nesse assunto? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços oferecidos pela Race Comunicação.