Confira 3 dicas para a elaboração de um relatório de sustentabilidade

sustentabilidade

Confira 3 dicas para a elaboração de um relatório de sustentabilidade

Um novo ciclo de relato da sustentabilidade vai surgindo com a aproximação dos últimos meses do ano de 2020.

Para empresas e organizações que nunca produziram um relatório de sustentabilidade abrangendo as dimensões sociais, ambientais e econômicas de forma integrada, seguindo ou não metodologias globais, como a GRI (Global Report Initiative) e a CDP (Carbon Disclosure Projetc) ou os indicadores do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) entre outros, o processo de construção de um documento deste tipo deve ser percebido como oportunidade de aprendizado organizacional na busca de melhorias, inovação e análise de oportunidades.

Confira mais detalhes sobre os nossos projetos customizados de comunicação:

Projetos customizados de comunicação

Mais do que uma publicação, o relatório ganha maior relevância exatamente no seu processo de edição e montagem.

Por isso, veja 3 dicas importantes para você desenvolver um relatório de sustentabilidade:

1: Comunicar sempre: a comunicação interna deste processo junto a todos os empregados e colaboradores deve ser feita desde o início do processo da busca, da análise e da reunião de dados e informações. Todos devem saber que a empresa iniciou uma jornada na qual a oportunidade de melhorias e a transparência das informações andam juntas e a produção do relatório vai simbolizar esse compromisso com a sustentabilidade;

2: Liberdade de escolha: independentemente da escolha de critérios ou metodologias, qualquer empresa ou organização pode iniciar esse trabalho de forma livre, através de um balanço socioambiental por exemplo, no qual a elaboração da publicação vai sendo aprimorada e evoluindo ao longo dos anos. As escolhas devem ser feitas à luz da maturidade organizacional, dos recursos disponíveis e dos objetivos das empresas;

3: Formatos variados: relatórios podem ser documentos impressos, eletrônicos, podem ser websites interativos, podem ser publicados em capítulos, ter versões segmentadas para diferentes públicos, utilizar podcast com narrativas gravadas. São muitas as opções de formatos e pensar a sustentabilidade como uma alavanca de inovação facilita a elaboração de canais capazes de servir como veículos para a prestação de contas e a transparência das informações publicadas.

Vamos falar mais sobre sustentabilidade? Procure a equipe da Race Comunicação para que possamos ajudar a sua empresa e seu negócio na elaboração de um relatório de qualidade.

Por Luiz Antônio Gaulia – Diretor da Race Comunicação no Rio de Janeiro

Gostou do artigo?
Leia mais