Projeto Vozes Feministas

Projeto Vozes Feministas

Para comemorar o Dia da Mulher em 2022 (08/3 – terça-feira), a Race Comunicação quer ir além das lembranças às colaboradoras e registros nas redes sociais. A agência planeja oferecer um treinamento de comunicação a líderes feministas de todo o Brasil, gratuitamente, para contribuir com o desenvolvimento das porta-vozes da causa feminista.

Confira o regulamento abaixo, compartilhe com mulheres que possam ter interesse e acesse o formulário de inscrição, disponível no final desta página!

Por que oferecer um treinamento de comunicação?

Queremos compartilhar a experiência da Race Comunicação para a disseminação de valores necessários à sociedade brasileira, focando na igualdade de gênero e promoção de direitos das mulheres. Acreditamos que a comunicação é uma ferramenta importante de transformação, potencializando vozes para gerar impacto no âmbito social.
Em encontro online, reuniremos conhecimentos sobre redes sociais, marketing digital, relacionamento com a mídia e outros assuntos de comunicação para as mulheres selecionadas, com material de apoio e espaço para dúvidas.

Sobre a Race Comunicação

A Race Comunicação é uma agência de comunicação corporativa multidisciplinar, focada na construção e reforço de reputação, por meio de estratégias de relacionamento e engajamento. Fundada em 1999, atende organizações de todos os portes e segmentos, com versatilidade e flexibilidade, adaptando-se às necessidades de seus parceiros, sempre com foco em resultados concretos.
Temos como nossos principais valores a diversidade e a inclusão, contando com um time 53% feminino e 55% de liderança feminina.

Regulamento

Poderão participar do Projeto Vozes Feministas mulheres:

  • De qualquer identidade de gênero, orientação sexual, nacionalidade, raça ou religião;
  • Que tenham mais de 18 anos;
  • Que falem português (não haverá tradução dos treinamentos para outros idiomas);
  • Que residam no Brasil atualmente;
  • Que tenham disponibilidade de acompanhar por meio virtual um treinamento de comunicação, com carga horária de 4 horas, em dia e hora a serem definidos;
  • Que possam comprovar, por meio de depoimento, materiais em redes sociais, aparições na mídia e referências de outras pessoas, o envolvimento como líderes (fundadoras, presidentes, diretoras ou gerentes) de iniciativas feministas.
      • Estas iniciativas precisam necessariamente trabalhar a pauta feminista de igualdade e respeito à mulher, podendo também se relacionar a causas raciais, ambientais, urbanas, rurais, acadêmicas, de identidade de gênero, orientação sexual, proteção a idosas, educação, violência doméstica, tecnologia, combate à pobreza, refúgio, deficiência, entre outros temas;
      • Exemplos: OSCs, ONGs, empresas, iniciativas acadêmicas, encontros presenciais, perfis em mídia social, associações coletivas, etc.
      • A iniciativa feminista abordada pode ser a ocupação principal ou ser desenvolvida no tempo livre de forma voluntária.

Para participar da seleção, as interessadas devem se inscrever no formulário de inscrição fornecendo as informações solicitadas até o prazo acordado (31/3).