Relacionamento com jornalistas

Relacionamento com jornalistas

Por Lívia Caixeta

Já tem um tempo que a assessoria de imprensa posiciona-se como “Relacionamento com a Mídia”; e este termo – RELACIONAMENTO – poderia não fazer tanto sentido para esta que é uma das ferramentas da Comunicação Corporativa. A construção dessas relações, contudo, se dá, principalmente, com jornalistas, que são os intermediários entre a empresa (cliente) e o público final que vai consumir a informação.

E por ser uma RELAÇÃO, ela segue os mesmos princípios de todas as outras relações interpessoais – profissionais ou pessoais – em que o objetivo é estabelecer vínculos sociais capazes de tornar a convivência mais agradável aos sujeitos envolvidos. Ou seja, aspectos como cordialidade, empatia e respeito também são fundamentais para que as trocas aconteçam.

Além disso, é uma relação dinâmica e, portanto, são várias as formas e os meios como ela se dá, especialmente, se considerarmos as várias ferramentas de comunicação de que dispomos: e-mail, redes sociais, aplicativos de mensagens, telefone e visitas/encontros, para citarmos os mais utilizados.

Credibilidade para o relacionamento

Definidas as ferramentas que suportam essa relação, os aspectos técnicos também precisam fazer sentido para os dois lados. Entender o perfil do veículo de comunicação e conhecer o jornalista que receberá a pauta aumenta, significativamente, o sucesso desse contato.

Quando uma pauta chega com uma informação relevante, bem escrita e com produção prévia de como pode ser desenvolvida – fotos, vídeos, sugestões de entrevistados, etc. – as chances da publicação acontecer aumentam e o assessor de imprensa ganha pontos importantes com o jornalista.

Outro ponto está na atenção à hierarquia do contato. O processo de produção de uma notícia percorre algumas etapas dentro da redação e pode passar por pauteiros, repórteres, redatores e editores, por exemplo. Por isso, conhecer esse caminho facilita as relações nas redações, uma vez que, falando com as pessoas certas no momento mais adequado, diminui-se o risco de constranger um desses profissionais.

Encontros virtuais

O período pandêmico, por exemplo, abriu e ampliou as possibilidades de contatos e encontros virtuais com mais intensidade. Em algumas regiões do Brasil, o home office flexibilizou o uso, por exemplo, do WhatsApp como suporte para esta relação. E desde que autorizado – tanto pelo assessor quanto pelo jornalista – e utilizado com parcimônia, apareceu como uma importante via em prol do isolamento social.

Outra possibilidade bastante explorada são os cafés virtuais; encontros de relacionamento que passaram a substituir as tradicionais visitas às redações ou outros pequenos eventos de relacionamento. Nos dois casos exemplificados acima, outras vantagens – que não apenas atender às orientações dos órgãos sanitários e de saúde – como a diminuição do tempo de deslocamento e eficiência da ação entram como um plus. 

Estratégia sempre

Com tantas ferramentas à disposição, é importante destacar que a estratégia e o planejamento são etapas cruciais na construção dessas relações. Ter um banco de contatos robusto não significa resultados suntuosos. a informação precisa chegar ao jornalista no tom certo, e isso, significa não apenas que a pauta seja adequada, mas também que ela chegue pela via mais eficiente.

Diante disso, trabalhar o relacionamento com os jornalistas exige habilidade para estabelecer conexões consistentes. Em relacionamento com a mídia, o jornalista também é cliente e estando nessa posição precisa ser cativado. Press Relations (PR) é, primariamente, Relacionamento com a Imprensa; e sendo assim, é essencialmente o estabelecimento das relações também com os jornalistas. 

O relacionamento também é uma experiência

O fato é que a experiência de consumo também existe na Comunicação Corporativa e as agências de PR não são exceções. É importante mostrar aos jornalistas que há uma preocupação com ele e o veículo para o qual trabalha. Por isso, criar situações que definem vínculos profissionais e que valorizam a parceria é um exercício constante para o relacionamento com os jornalistas.

A Race Comunicação tem expertise em relacionamento com a imprensa e diversos outros serviços para a comunicação da sua empresa. Entre em contato conosco e saiba mais.