Quem é a sua empresa nas redes sociais?

Por Evelyn Spada

Cada pessoa, um universo. Existem aquelas mais agitadas, as que gostam de dar conselhos, as que sonham, enfim, são inúmeras características que diferenciam as pessoas. E com a marca não é diferente. Criar a personalidade e individualidade da empresa nas redes sociais pode revelar um lado mais humano e até bem-humorado da marca.

Diante dos canais de atendimento online, as marcas ganham tom de voz e até hobbys. Isso possibilita que os clientes se aproximem daquelas com características e valores pelos quais sentem mais afinidade.

Mas como garantir a notoriedade e fazer com que a marca vire a “queridinha” e seja desejada pelo público?

 A resposta é brand persona. Ou seja, trabalhar a personalidade que a marca terá nas redes sociais. Por meio das plataformas sociais, é possível mostrar abertamente ao cliente quem é a empresa e até criar vínculo afetivo com esse consumidor.

O primeiro passo para entender quem é a sua empresa nas redes sociais é determinar a missão, visão e valores. Esse trio é a base para as definições iniciais de personalidade. Outro ponto a ser levado em consideração é o segmento em que atua. Às vezes o próprio nicho em que a empresa está inserida já sugere determinados tipos de personas. Além disso, conhecer e entender o público-alvo é crucial. A persona precisa ser alguém que o consumidor do outro lado da telinha tenha vontade de conversar ou até mesmo tomar um café.

Ao longo da criação de uma persona, a marca vai se deparar com o tom de voz. Ele pode ser desde um tom jovem, que é descolado e usa gírias, e possui até um tom bem-humorado. Um clássico exemplo é o Pinguim, do Ponto Frio. Ele é descontraído, conversa com os consumidores, tira dúvidas na hora e até negocia preços pelo perfil oficial. Lembre-se: o tom deve ser coerente em todas as interações, tanto nos comentários quanto nas mensagens diretas.

Após todo esse levantamento e com uma persona mais detalhada e mais próxima à realidade do mercado de atuação, poderão ser definidos outros itens como: o hobby da marca, o estilo de vida, até chegar em um nome e idade. Esse será o “cartão persona” para garantir o padrão na comunicação.

Lembre-se: contar com a parceria de agências especializadas contribuirá para que os resultados sejam mais assertivos. Conheça os trabalhos da Race Comunicação.

E aí, quem é a sua empresa nas redes sociais?

Gostou do artigo?