Podcasts: por que a sua empresa deveria investir?

podcasts

O mundo se divide entre dois tipos de pessoas: aquelas que são apaixonadas por podcasts e as que ainda não sabem o que é isso (se você é um deles, clique aqui). Sim, porque quando elas descobrirem que é possível consumir conteúdo de qualidade sem que seus olhos estejam grudados na tela do celular, além de poder realizar outras tarefas enquanto se informam, certamente elas entrarão para o primeiro grupo.

Excessos à parte, mesmo que exista uma parcela da população que ainda não tenha se rendido a este formato de comunicação, sua empresa já precisa começar a olhar para ele como uma ferramenta extremamente estratégica no que diz respeito a disseminação de conteúdo. É preciso estar preparado para acolher os vanguardistas deste movimento e também impressionar aqueles que chegarão em breve. E sabe por que?

Primeiramente, pelo crescente número de adeptos. Cada vez mais as plataformas de podcasts estão registrando a entrada de novos usuários, especialmente com a chegada da pandemia.

De acordo com a Chartable, empresa de mediação de podcasts sediada em Nova York, quase 900 mil novos podcasts foram lançados no ano passado, número que corresponde ao triplo de 2019. No Brasil, são quase 35 milhões de ouvintes, ou seja, cerca de 8% da população. Por aqui, já é possível até saber um pouco mais sobre o perfil dos que acessam a podosfera.

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Podcasters (ABPod) registrou o gênero, faixa etária, classe social, estado civil, escolaridade e demais características de quem ouvem os áudioprogramas. Além disso, a pesquisa revelou interesses, preferências e até posicionamentos sociais destas pessoas. Acesse aqui o estudo na íntegra.

Em segundo lugar, pelo SEO. Sim, todos sabemos que os Podcasts não necessariamente ajudam no SEO do seu site, mas não há como negar que o Google já está se especializando cada vez mais em identificar conteúdos de áudio. Já existe até um box específico para esse tipo de material no momento da busca.

Faça o seguinte teste: digite lá “podcast sobre tecnologia”, por exemplo. Você vai ver que surgirá uma caixa específica com várias sugestões de podcasts relacionados ao tema (imagem abaixo). E não é só isso, a empresa já criou até a sessão “Google Podcasts” (clique aqui para acessar). Com tantas novidades nessa área, dá até para arriscar em dizer que logo os mecanismos de buscar passarão a privilegiar o formato.

google-podcasts

E mesmo que os podcasts ainda não sejam cruciais para colocar sua empresa em destaque nos mecanismos de busca hoje, eles já ajudam bastante no quesito relevância. Assim como websites que investem em vídeos e imagens conseguem aumentar o engajamento diante de sua audiência, os materiais de áudio também contribuem para uma diversificação e maior chance de compartilhamento.

De qualquer modo,  é importante caprichar no conteúdo (veja aqui como produzir um conteúdo de qualidade) e, principalmente, na  descrição, que é o recurso mais garantido para indexação do buscador. E se você ficou perdido(a) sobre essa conversa de SEO, clique aqui e entenda o básico sobre o assunto.

Ah, é importante lembrar ainda que podcast não tem nada a ver com a audiodescrição daquele conteúdo de texto que você já possui. Cuidado para não confundir.

Por fim, investir em conteúdo no formato de podcast pode colocar sua empresa em uma posição de destaque em relação à concorrência. E o melhor de tudo é que não é preciso muito investimento para tirar esse projeto da gaveta. Diferente da produção de vídeo, que exige cenário, preparação visual e equipamentos caros, o podcast traz uma opção mais acessível e simples de criação de conteúdo.

E aí, vamos começar? Veja aqui o passo a passo!

Por Thamyris Barbosa – Analista de Comunicação na Race Comunicação