Os novos botões do Facebook

Por Évelin Karen

Empresas que possuem uma gestão de redes sociais, normalmente, utilizam e sabem da importância de ter uma fan page no Facebook como principal meio de planejamento de comunicação pelas redes sociais. Uma novidade lançada no último dia 24 de março sacudiu os gestores de mídias sociais. O Facebook disponibilizou aos usuários novas maneiras para se expressar diante dos conteúdos postados na rede. Agora, além do famoso “jóinha” (Curtir), você pode clicar nos emojis para amar (Amei), rir (Haha), se impressionar (Uau), ficar triste (Triste) e se irritar (Grr). Trata-se de respostas emocionais que deixam clara a humanização do relacionamento entre o homem e a internet.

Antes desta novidade chegar ao Brasil, estes novos botões passaram por quatro meses de testes em sete países.  Um dos objetos de estudos foram as figurinhas e emojis que os usuários utilizavam para comentar, reagindo sobre determinados assuntos. Espanha, Irlanda, Chile, Portugal, Filipinas, Japão e Colômbia foram os locais escolhidos para experimentar esta novidade que, inicialmente, contava com mais seis novos botões. Porém, durante os estudos foi decidido excluir o emoji  “Yay” por ser bastante parecido com o “Haha”.

Estas novas formas de se comunicar reformularam nossa perspectiva de análise. Agora, se você tem uma gestão de redes sociais realizada por profissionais, essa mensuração do engajamento com a marca terá de ser feita distribuindo pesos diferentes a cada reação clicada e, assim, calcular a aceitação ou descontentamento do público com o conteúdo.

Inicialmente estes botões podem até ser bastante utilizados devido à curiosidade do público. Porém, com o passar do tempo será possível perceber a aceitação ou não destas reações. Deve ser por isso que o Facebook não descartou a hipótese de incluir novos botões.

Segundo Mark Zuckerberg, presidente-executivo da rede social, “É importante dar às pessoas mais opções do que apenas o ‘curtir’ para ajudá-las a expressar empatia”, mesmo porque “nem todos os momentos são bons”.

Aqui na Race Comunicação, por exemplo, vamos adequar os relatórios com as mensurações de resultados conforme a necessidade dos nossos clientes, adaptando para cada empresa a melhor forma de apresentar os resultados.

E você? Curtiu, amou ou se irritou com esta novidade?

* Évelin Karen é Assessora de imprensa na Race Comunicação.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?