Monitoramento de redes sociais: 4 dicas para ficar atento

monitoramento

Como é feito o monitoramento das redes sociais da sua marca?

Neste artigo mostro 4 dicas para se atentar e construir uma análise focada em resultados reais.

Vivemos em um mundo onde as notícias e opiniões circulam 24 horas por dia. Em um piscar de olhos, uma mesma informação pode percorrer o mundo todo e essa velocidade de informação não ocorre somente com notícias. Devido ao cenário pandêmico enfrentado pelo mundo em 2020, essas ações aumentaram e hoje em dia as pessoas acabam por comentar sobre tudo e todos. Isso inclui, filmes, séries, famosos, e é claro, marcas.

É necessário entender que, através dessas discussões online, muitas novas oportunidades de melhorar o seu negócio podem surgir.

Às vezes uma simples conversa entre duas pessoas no Twitter pode fazer com que você identifique um insight legal para a sua empresa, ou descobrir o que os seus consumidores estão ou não estão gostando de seus produtos ou mensagem-chave.

Tivemos exemplos recentes de casos reais em que, após o apelo do público na internet, grandes estúdios de cinema resolveram reformular o seu filme para agradar os fãs, ou até mesmo, lançar filmes que já estavam descartados.

É importante ficar atento a esse tipo de análise, que vai um pouco além do monitoramento numérico, de como sua campanha está indo no Facebook ou de como os seus vídeos estão se saindo no Youtube. O monitoramento de redes sociais tem a função de se aprofundar nas reais discussões envolvendo consumidor e marca.

Através dele, conseguimos ter um panorama sobre os sentimentos que seus consumidores estão tendo em relação à sua marca. Por exemplo: Queremos ver se o público está gostando ou não da nova campanha da marca, estrelando o famoso X e abordando o tema Y; conseguimos através do monitoramento buscar menções que foram ao ar no mesmo dia em que a campanha foi e analisarmos as reações dos consumidores referentes a ela.

Por conta de um monitoramento, conseguimos mapear a opinião dos consumidores e entender suas reais dores e paixões.

Um monitoramento de redes sociais pode ser um passo extremamente importante para o planejamento estratégico de sua próxima estratégia, sendo ele o responsável por trazer insights e aprendizados importantíssimos para a sua marca, apontando caminhos que possam ser interessantes de serem seguidos.

Um bom monitoramento não é algo que surge num passe de mágica. É necessário realizar um estudo sobre o tema e contexto.

Veja abaixo 4 dicas parar construir um bom monitoramento de redes sociais:

  1.  Identifique bem o real universo que você quer buscar – As redes sociais possuem uma variedade de opiniões, por isso, é bem importante e necessário conseguir focar bem no tema que você quer se aprofundar;
  2.  Atenção à ferramenta – Ao configurar a ferramenta, certifique-se de estar escolhendo bem os termos. Em muitos casos, as pessoas não vão chamar sua marca da mesma maneira que você. As pessoas podem inventar apelidos carinhosos ou maldosos para se referir a você;
  3.  Mantenha a configuração atualizada – Sempre dê uma olhada nas menções que sua ferramenta está coletando para verificar se os termos ainda são válidos ou se precisam ser atualizados. Às vezes, algo pode viralizar muito e acabar te atrapalhando na coleta de menções;
  4. As classificações automáticas de sentimento não são 100% eficazes – Por mais facilitadoras que as ferramentas possam ser em nossas vidas, elas ainda não conseguem captar sarcasmo e outros sentimentos mais complexos. A depender do objetivo do seu monitoramento, uma validação humana pode ser necessária para garantir uma precisão maior.

Ficou curioso para saber o que as pessoas estão falando sobre sua marca? Venha conversar com a equipe da Race Comunicação para que a gente possa ajudar você e seu negócio a entenderem o que os seus consumidores estão falando sobre você.

O que é: monitoramento de redes sociais

Serve para: entender o que, quando, onde e como estão as impressões das pessoas sobre sua marca nas redes sociais

Resultados: tem-se um termômetro preciso do que acontece acerca de sua marca nas redes sociais

Para quem serve: comércio, indústria e serviços

Por Felipe Biani – Assistente de Marketing Digital na Race Comunicação