Mídia especializada versus grande imprensa: qual a melhor opção?

Por Filipe Andrade

A esperança e a expectativa de ter sua organização sendo assunto de forma positiva nos meios de comunicação são os fatores que reforçam o argumento de muitas instituições para contratarem uma assessoria de imprensa.

Mas assessoria de imprensa não é só isso. Ainda bem. É preciso conhecer bem cada assunto que será enviado para se fazer a chamada “ativação de mídia ou de imprensa”. Até porque audiência, visualizações, acessos e números de assinantes não são a melhor forma de definir o veículo mais adequado para o envio de um press release.

O motivo? Muitas vezes há assuntos bem específicos, que passariam despercebidos pelas equipes de grandes veículos por não estarem dentro do perfil desses meios de comunicação. Por outro lado, veículos segmentados, ou, como são mais conhecidos, a mídia especializada, podem se interessar por aquele assunto e, consequentemente, gerar uma repercussão muito maior por meio de sua publicação.

O lançamento de um novo produto por parte de uma empresa pode interessar sempre a veículos especializados na divulgação desses produtos. Desta forma, a informação chega com mais eficiência aos stakeholders. Se a expectativa é fazer o produto conhecidos pelos fornecedores, por exemplo, esta é a melhor opção.

No entanto, veículos da grande mídia podem também se interessar pelo tema à medida que aquele produto gere impactos visíveis, seja no aspecto social, econômico, etc. Assim, o grande público poderá conhecer também as novidades da organização. Isso tudo, claro, analisando a questão a grosso modo.

Em resumo: cabe ao assessor de imprensa conhecer os veículos de comunicação regionais e nacionais, segmentados ou não, sua própria organização e os assuntos a serem abordados. Além disso, precisa entender quem é o público de interesse, ou também conhecido como stakeholders, que o cliente tem como objetivo e quer atingir. Assim, poderá definir a estratégia mais eficaz e direcionar melhor cada informação para o público correto, aumentando a assertividade e a repercussão dos temas ligados à organização.

Se você não sabe ainda qual o tipo de mídia é ideal para o seu negócio, entre em contato com o time da Race Comunicação que poderemos ajudar você a direcionar melhor e mais estrategicamente as suas ações de assessoria de imprensa.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?