Mensuração de resultados em assessoria de imprensa

Por Gabriel Pedreschi

Após contratar o serviço de assessoria de imprensa, como a empresa entenderá o resultado alcançado de uma ação específica ou do trabalho mensal do serviço contratado?

Antes de abordarmos como o cliente receberá o relatório, vale lembrar que cada agência conta com um método diferente para seus relatórios, que podem ser: centímetro por coluna, mensuração de impactos ou dos “Princípios de Barcelona”, que considera a qualidade das publicações (veículos de alta relevância), não a quantidade.

Para facilitar a compreensão, a agência contará com algumas informações básicas e separadas, como: valoração da matéria, audiência, mídia provocada ou espontânea, classificação (positiva, neutra ou negativa), tipo de veículo e sua relevância. Por exemplo: um cliente da área de economia teve uma matéria no jornal Valor Econômico, considerado o maior no setor de negócios. Para deixar a informação mais completa, a clippadora (ou a própria agência), calculará o valor daquela página e o espaço ocupado pelo cliente, chegando na valoração da matéria. Para descobrir sua tiragem e sua relevância (TIER), é utilizado o mídia kit do jornal (ou do site), chegando ao número de 60.000 tiragens e sua importância para a área econômica, definindo o mesmo como TIER 1.

Feito isso de maneira individual para cada matéria, a agência montará o relatório, que será a soma de todos os resultados de cada publicação em um espaço definido de tempo (geralmente referente ao mês anterior). Com a explicação do que foi trabalhado, o mesmo arquivo contará com gráficos adaptados para cada informação e sempre visando a necessidade do cliente. Ou seja, cada cliente contará com um relatório desenvolvido sob medida para a sua necessidade.

Gostou do artigo?