Marketing de influência para empresas B2B

Por Daniela Dalio

Um dos mitos do marketing de influência é que apenas empresas B2C podem ser beneficiadas, já que pela natureza do negócio, as ações estão atreladas à venda para o consumidor final. Claro que as ações de marketing de influência para consumidores finais tendem a ter muito mais destaque, pois acabam envolvendo celebridades ou mega influenciadores e impactando milhões de pessoas.

Mas empresas B2B podem e devem também incluir estratégias de marketing de influência em suas ações de RP com objetivo de posicionamento e reconhecimento da marca e também atração e retenção de clientes. As ações digitais auxiliam a marcar presença e conquistar um diferencial no mercado.

No B2B as ações muitas vezes estão voltadas para nichos específicos, que não terá uma megaexposição. Nesse caso, provavelmente não haverá influenciadores de muito alcance, porém terá um alvo muito mais direcionado. Atualmente existem influenciadores digitais em todas as áreas, que tratam de diferentes assuntos e que podem se encaixar em qualquer tipo de negócio e atingir exatamente o público-alvo.

O segredo, como em qualquer estratégia de RP, está em escolher o influenciador e o canal certos para o objetivo da empresa, levando em consideração a mensagem a ser transmitida, a identidade da companhia e os públicos a serem atingidos.

 

 

Gostou do artigo?