Comunicação interna: guia rápido para criar um diagnóstico

Guia rápido: como criar um diagnóstico de comunicação interna

Quando se pensa em comunicação corporativa, um erro grave é dar importância apenas com o público externo. O diálogo com o colaborador, através de comunicação interna, é fundamental para a saúde administrativa e até mesmo para o crescimento das empresas. Ficou para trás o tempo em que bastava um alerta no quadro de aviso para dar conta da situação. Por isso, hoje a Race traz um guia rápido de como criar um diagnóstico de comunicação interna para entender em que etapa a sua empresa está nesta área e elaborar um plano de ação.

Vem com a gente!


Hoje, uma comunicação interna eficiente exige que o colaborar receba a mesma atenção do cliente externo. Afinal, o funcionário também é um cliente e tem poder para construir ou destruir a reputação de uma empresa no mercado.

Negligenciar esse fato pode acarretar problemas graves desde o surgimento de disse-me-disse, a famosa rádio corredor, conflitos internos e até a queda na qualidade da produção ou do atendimento a clientes. Mas como assegurar que o diálogo com os colaboradores atenda às necessidades da empresa?

O primeiro passo é definir qual o objetivo desejado

Saber o que se deseja atingir é fundamental para a elaboração de um plano de comunicação eficiente. A empresa pode querer reforçar as suas key messages, elevar o nível de engajamento dos colaboradores, dar fim a uma crise interna ou muitas outras que têm esbarrado em falhas comunicativas.

Siga com um diagnóstico imparcial

Definido o objetivo a ser atingido, o próximo passo é lógico: fazer um diagnóstico de comunicação interna real e imparcial da situação. Basicamente, as perguntas que deve responder são as seguintes:

1. Como seu colaborador se sente em relação à empresa?

2. Quais canais ele dispõe para se manifestar e receber informações confiáveis?

3. As informações chegam aos funcionários em volume adequado e de maneira clara?

4. A relação entre líderes, liderados e colegas do mesmo nível hierárquico é marcada pelo respeito ou pela intimidação?

5. O vínculo do seu colaborador com a empresa é apenas financeiro ou ele é estimulado a se sentir parte de um projeto?

As respostas a essas perguntas vão revelar os pontos fortes e fracos da estrutura de comunicação interna e permitir a escolha mais adequada das ferramentas e ações que podem ser adotadas para aperfeiçoar o sistema existente. Campanhas pontuais, jornais, folhetos internos, TV ou rádio corporativa, intranet, e-mails, newsletter, redes sociais corporativas e até o bom e velho mural são opções igualmente válidas. O fundamental é que a linguagem seja adequada e acessível ao interlocutor que se procura atingir.

Este diagnóstico realizado dentro da empresa, pela equipe de RH ou Comunicação Interna, é o ponto de partida para a elaboração e implementação de um bom plano de comunicação interna. Depois desse briefing o ideal é ter uma equipe especializada para realizar uma imersão, fazer um diagnóstico aprofundado, pesquisa e análise de dados, um planejamento estratégico e entrar em ação! Esta equipe vai começar o trabalho através de uma análise aprofundada do cenário em questão.

Analisar uma empresa não é tarefa simples. São necessárias várias horas de trabalho entendendo o que a empresa faz, como ela faz, para quem, quem são os públicos de interesse. Muitas perguntas devem ser respondidas antes de qualquer ação. Isso tudo faz parte do trabalho inicial de imersão na cultura, nos processos e nos produtos e serviços das empresas. Com esta análise será possível criar uma versão mais aprofundada do diagnóstico, que busca diminuir a diferença entre como a empresa quer ser vista e como as pessoas realmente a enxergam. Essa diferença deve ser a menor possível e neste momento é importante dar um diagnóstico que aponte quais atividades de comunicação devem ser tomadas para estreitar essa distância, além de propor ações que impactam diretamente no planejamento estratégico da empresa.

A partir daí o leque de opções para revigorar o relacionamento com seus colaboradores é vasto mas a recompensa é incrível! Entre em contato com a Race Comunicação e descubra quais soluções podem incrementar sua comunicação corporativa!

Gostou do artigo?