Funcionários: os primeiros porta-vozes de uma empresa

Por Lívia Caixeta

Ter funcionários engajados e comprometidos com os projetos da empresa é o desejo de muitos – se não todos – os gestores e/ou líderes de pequenas, médias ou grandes empresas; e a comunicação interna é um caminho eficiente para alcançar esta meta. Informar sobre os rumos, metas e novidades é tão ou mais importante que manter um contato efetivo com stakeholders externos de um negócio.

Diversos são os meios que podem ser utilizados para levar uma informação ao funcionário. Na era da geração de conteúdo, mais importante que deter a notícia é saber como levar a mensagem adiante, e mais, como engajar o receptor. Assim, a comunicação interna deve preocupar-se em transmitir mensagens claras, objetivas e pelas mídias corretas de acordo com o perfil dos colaboradores da companhia.

Isso provoca uma otimização do fluxo de comunicação entre empresa e colaborador, que por sua vez será um multiplicador do posicionamento e reputação organizacionais. O resultado de um trabalho bem feito de comunicação interna pode ser percebido em um ambiente de trabalho mais estável e com maior capacidade de autogestão além de aumento da produtividade e eficácia da companhia.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?