Estratégia digital e construção da persona

Construir uma reputação de marca, tanto online quanto offline, é um dos objetivos principais de comunicação corporativa. Uma vez que a empresa conquista uma percepção positiva por parte de seu público-alvo, é possível alcançar também os objetivos do negócio, seja ele voltado para o varejo ou prestação de serviços, B2B ou B2C. Na elaboração dessa estratégia digital a construção da persona é item fundamental.

Com o avanço da internet, o marketing digital tornou-se uma das maiores ferramentas de vendas e reconhecimento de marca, com novos conceitos e fórmulas para atingir cada vez mais, e com mais precisão, a audiência desejada – o famoso público-alvo, ou target. E, a partir desse conceito, surgiu a persona: uma representação fictícia do cliente ideal de um negócio.

Muito além de público-alvo, a persona é baseada em dados demográficos e de comportamento reais, e leva em consideração a história pessoal dos clientes, seus hábitos, interesses, profissão, objetivos, desafios e frustrações.

Persona x público-alvo

O ponto mais importante para saber a diferença entre persona e público-alvo é partir do ponto que ambos não são sinônimos. Enquanto o público-alvo abrange uma grande parcela da população, para quem os produtos ou serviços são destinados, a persona representa o cliente ideal de forma personalizada e humanizada. Veja abaixo a diferença entre ambos:

  • Público-alvo

Mulheres de 18 a 35 anos, residentes em São Paulo/SP, interessadas em balé clássico e jazz, com renda mensal a partir de R$3.000,00. Procuram produtos e artigos para a dança de qualidade.

  • Persona

Maria Eduarda tem 24 anos é bailarina do Teatro Municipal de São Paulo e professora de ballet para crianças de 6 a 11 anos. Está no começo da carreira e um dia sonha em ser a solista da companhia em que dança. Busca produtos de qualidade, tecnologia e valor compatíveis ao seu poder aquisitivo.

A partir da base de clientes, é possível investigar qual ou quais seriam as personas do negócio, e desenvolver estratégias de vendas mais assertivas para atingir esses potenciais consumidores. Busque entender como seu produto ou serviço é percebido no mercado, pontos fortes e fracos e como a definição da persona pode ajudar nessa virada estratégica.

A importância de definir uma persona

Sabe-se que o objetivo final da criação da persona é, com toda certeza, vender mais – seja um produto, serviço ou reputação. No entanto, no meio do caminho, há muitas etapas importantes até a conversão dos potenciais clientes.

Para construir a presença digital de uma marca é imprescindível investir na produção de conteúdo para blog e redes sociais. A persona ajuda a determinar o melhor conteúdo para atingir esses objetivos, o tom de voz, temas, e estilo das postagens.

Além disso, a persona ajuda a entender como o potencial consumidor busca, recebe e consome informações, e a forma mais certeira desenhar estratégias de marketing para esse cliente ideal. É uma ferramenta chave para alavancar a presença digital, o reconhecimento de marca e as vendas de produtos e serviços.

Por Bárbara Christan

Gostou do artigo?