Em uma crise, por que falar primeiro com o seu funcionário?

Por Maira Manesco

Como vimos no post sobre ‘O que é gerenciamento de crise?’ a comunicação com a imprensa deve ser certeira e transparente. No entanto, não podemos esquecer o principal stakeholder de todas as empresas: os funcionários.

Imagine que aconteceu um acidente não fatal na fábrica da sua empresa, algo superficial, mas que está recebendo muita atenção da imprensa. Então, sua agência de comunicação foi acionada imediatamente, assim como o conselho de crise. Trabalharam em parceria, levantando todas as informações e selecionando pontos fortes sobre o ocorrido para futuras discussões e pronunciamentos.

Os jornalistas estavam calmos, pois foram respondidos com rapidez e honestidade. Nas redes sociais estava tudo sob controle. Até que um dos funcionários publicou uma foto do momento do incidente com o comentário de que os gestores não deram a devida importância ao caso. Com isso, alguns jornalistas começaram a abordar os funcionários que saíam da fábrica e fazer diversas perguntas, e a cada resposta a situação da empresa ficava mais desfavorável. E, assim, iniciou-se uma nova crise.

Por isso, não devemos nos concentrar exclusivamente no público externo. Antes de qualquer comunicado à mídia e aos clientes, os funcionários devem ser avisados da situação, da solução e orientados na forma de como agir. Deixar o público interno de lado, mesmo em caso de pequenos acidentes, é um dos maiores erros, mas que podem ser evitados com uma simples mensagem que alivie a preocupação.

Vale lembrar que a comunicação interna deve estar alinhada e ser prioridade em todos os momentos, tanto nos bons, como um lançamento de produto, como nos ruins, como no caso citado acima. Os funcionários precisam estar presentes em todas as estratégias da companhia, pois são as pessoas que fazem o negócio ter sucesso.

Fonte: PRDaily

* Maira Manesco é Assessora de Imprensa na Race Comunicação.

Ficou interessado sobre em uma crise, por que falar primeiro com o seu funcionário? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços oferecidos pela Race Comunicação.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?