Como aumentar as vendas através da comunicação corporativa

Por Malin Teles

Sejamos sinceros – a comunicação corporativa não tem um propósito em si. Ela não é um objetivo mas sim, um meio para um fim. Esse fim sendo, na maioria das vezes, vender um produto ou um serviço. Agora, o fato da comunicação ser um meio para um fim não significa que ela não é importante. Muito pelo contrário. Comunicação eficaz tem o potencial de melhorar os resultados financeiros de uma empresa ou organização.

A questão é – como podemos comprovar essa correlação? Isso é sequer possível? A resposta é breve – não. Comprovar uma correlação direta entre ações de comunicação (sendo elas relações com a mídia, mídias sociais ou comunicação interna), é complicado. Claro, podemos mensurar a quantidade e tipos de artigos ou menções da empresa na mídia ou analisar as métricas dos conteúdos nas redes sociais. Porém, isso nunca provará, de fato, o impacto que terá nas vendas.

Então, isso significa que a correlação não existe? De novo – não. A comunicação corporativa tem um impacto grande na imagem e na reputação de uma empresa ou organização. Tanto a reputação quanto a imagem têm um papel fundamental em (des)motivar clientes a comprarem os produtos ou serviços da empresa. Em outras palavras, para criar uma comunicação eficaz, é inútil  tentar mensurar o impacto da comunicação nas vendas. Ao invés disso, deveríamos nos preocupar com o impacto que ela tem na imagem, na reputação e no reconhecimento da marca.

E como fazer isso? Aqui apresentamos algumas dicas para conseguir resultados positivos:

  • Invista em relações com a mídia. O cenário da mídia é mais vasto hoje do que nunca. E não só é vasto, como também se movimenta em uma velocidade altíssima. Ter profissionais com conhecimento na mídia, e principalmente na mídia digital e social, é imprescindível para qualquer empresa. Mostrando seu melhor na imprensa e no universo cibernético pode ser a diferença entre relações públicas positivas e relações públicas catastróficas.
  • Se mantenha atualizado em relação a opinião pública. Quantos escândalos envolvendo declarações indelicadas sobre gênero,raça ou sexualidade vimos feitos por empresas, políticos e celebridades nos últimos anos? Inúmeros. Portanto, evite tornar-se sujeito de vergonha alheia em público, sabendo, antes de se pronunciar, o que é considerado politicamente correto e o que não é.
  • Transforme os funcionários em embaixadores de marca. Ter o suporte dos seus funcionários não tem preço. Colaboradores contentes e engajados falam bem da empresa e da marca, dos serviços e produtos. A palavra deles tem um peso muito grande, carrega credibilidade e, além disso, pode se espalhar rapidamente via redes sociais. Portanto, invista em seus funcionários, construa uma comunicação interna sólida e transparente e você poderá colher bons frutos.
  • Crie boas relações com influenciadores digitais. Dependendo do tipo de negócio, investir tempo em influenciadores digitais, como bloggers, YouTubers e Instagrammers, pode gerar resultados melhores do que mídia tradicional ou mídia paga (propaganda).
  • Não só fale – faça. Por último – uma reputação boa e uma imagem positiva de uma empresa não se criam do nada. Precisa se basear em qualidade real e em transparência. Ou seja – certifique-se de que exista um diálogo aberto tanto com clientes quanto com a mídia e com os funcionários.

Como já foi comentado, não há uma fórmula mágica para aumentar vendas ou transformar um negócio em um sucesso. Porém, seguindo as sugestões acima, você terá uma boa chance para criar uma comunicação corporativa eficaz que possa ajudar a construir uma reputação e imagem positiva da sua empresa. Um aumento de interesse nos produtos ou serviços da empresa é uma consequência provável.

 

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?