Case Evidence Ballet: estratégia e criatividade em ações com influenciadores digitais

Por Thamyris Barbosa

O marketing de influência foi um dos grandes protagonistas do cenário da comunicação empresarial em 2018. Se você ignorou o poder dessa ferramenta nos últimos meses, saiba que em 2019 não vai dar para escapar: a comunicação da sua empresa provavelmente irá se render a abordagens de blogueiros, Youtubers e Instagramers.

Mas não é porque os influenciadores estão em alta que, necessariamente, será uma tarefa simples trabalhar com eles.  O relacionamento com essas personalidades exige estratégia e criatividade. Isso porque, antes de propor qualquer ação, é fundamental saber exatamente qual é o objetivo da empresa, qual a mensagem a ser passada e que público será atingido. Foi o que a empresa de roupas e artigos para dança, Evidence Ballet, experienciou durante o Natal de 2018.

A ideia era aumentar o número de seguidores no Instagram, canal em a companhia divulga produtos para venda no e-commerce. A partir daí, foi iniciado um processo de identificação das personalidades que conversam diretamente com praticantes de ballet. Foram selecionados seis perfis de blogueiras: Nas Pontas, Tutu4Love, Ma Ballet, Mundo Bailarinístico, Eu Bailarina e Coque & Sapatilha. Juntas, elas somam mais de 200 mil seguidores.

A intenção da marca era, além de impactar este público, trazer 0,5% desses seguidores para a página oficial. Naquele momento, a empresa contava com 24.300 seguidores. Seria preciso engajar o público por meio de uma ação criativa. Daí surgiu o Desafio de Natal Evidence.

Cada blogueira recebeu o figurino da marca e foi convidada para gravar um vídeo dançando sua música natalina preferida e desafiando a próxima participante a fazer o mesmo. Após a divulgação do vídeo, foram sorteados kits de collant e sapatilha (cedidos pela Evidence Ballet) nos perfis das influenciadoras. Os seis vídeos e posts relacionados somaram mais de 40 mil visualizações/curtidas, três mil comentários e trouxeram 1.200 novos seguidores para a página da loja. Números até maiores do que esperados, sem nenhuma contrapartida financeira, apenas doação e sorteio de produtos.

Case Evidence Ballet: estratégia e criatividade em ações com influenciadores digitais

 

A ideia serve de inspiração para quem está disposto a “pensar fora da caixa”. O simples envio produtos é o “feijão com arroz” necessário para iniciar um relacionamento com esses formadores de opinião e consumo, mas são as ações diferenciadas que trarão os melhores resultados nessa área. Os influenciadores são uma ferramenta de divulgação ainda pouco explorada, no que se refere a estratégia, mas têm evoluído rapidamente. Vai iniciar 2019 com esse desafio? Então prepare-se para sair do convencional e atingir os melhores resultados.

 

Gostou do artigo?