Agência de comunicação é uma agência de notícias

Por Rogério Artoni

Toda e qualquer agência de comunicação que atua com assessoria de imprensa ou relações com a mídia pode ser uma fonte de informação para jornalistas. Aliás, deveria ser uma fonte de informação para jornalistas. O trabalho de uma agência vai muito além de fazer o cliente aparecer na mídia e deve ser pensado, não só por jornalistas, mas também pelas empresas que contratam seus serviços, como uma agência de notícias. Muitas das pautas aparecem ou são sugeridas para os jornalistas porque um assessor de imprensa fez um bom trabalho e “encontrou”, dentro do cliente, um bom gancho jornalístico e, de certa forma, fez com que o assunto virasse matéria.

No fundo, é essa a função de uma agência que atua com assessoria de imprensa. Ou seja, buscar notícias que realmente interessem para os jornalistas e não fazer uma divulgação apenas porque o cliente acha que é interessante. Outro ponto fundamental é que, para se tornar uma “agência (geradora) de notícias”, o contato profissional com o jornalista deve ser mantido e o olhar jornalístico sobre os assuntos do cliente deve ser sempre um objetivo a ser alcançado.

Para que uma pauta realmente vire matéria, é importante se manter o pensamento de que “Se o jornalista vai ler aquilo, ele vai se interessar?”. Aí, quem sabe, fazer uma entrevista com o cliente da agência e, quem sabe (mais uma vez), sair a matéria. São vários passos, mas não existe nenhuma receita pronta. O fato é que alguns estudos já mostraram que mais de 30% de tudo que sai na mídia foi gerado ou tem grande influência de uma assessoria de imprensa ou uma agência que atua com relações com a mídia. Mas para que isso realmente ocorra é importante pensar se sua empresa tem mesmo assuntos que sejam de interesse dos jornalistas. Se tiver, entre em contato com a Race Comunicação e solicite uma proposta.

* Rogério Artoni é Diretor na Race Comunicação

Ficou interessado sobre agência de comunicação é uma agência de notícias? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços oferecidos pela Race Comunicação.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?