A importância de uma comunicação interna bem estruturada

Por João Pedro Andrade

Não importa o quão bons, progressistas e vanguardistas os seus planos para o crescimento da sua empresa sejam. Eles correm sérios riscos de falhar caso você não seja bem sucedido em comunica-los para seus funcionários. É aqui que entra uma ferramenta fundamental da comunicação corporativa: a comunicação interna.

Uma boa rede de comunicação interna pode auxiliar em colaboração, feedback e na aplicação de um relacionamento transparente na empresa. Por esses e outros motivos é que ela é uma ferramenta tão importante de relacionamento em empresas de qualquer tamanho, porte ou segmento.

Primeiramente, vale lembrar, a comunicação interna será uma forte aliada para o alinhamento de áreas diferentes de uma mesma empresa. A falta de posicionamento certamente irá prejudicar sua produtividade. Imaginemos por um instante que o marketing da companhia quer promover seus produtos. Definitivamente, a área deverá estar alinhada com outras áreas para saber onde investir, que produto tem maior e menor demanda e quais os objetivos dessa promoção.

Como líder de uma empresa, é importante que você informe seus colaboradores quais são seus propósitos. A comunicação interna é uma ferramenta efetiva para o compartilhamento de objetivos, planos e responsabilidades.

Além do mais, não há funcionário que não queira se sentir validado, escutado e membro de uma equipe. Uma empresa bem estruturada possui funcionários motivados e, para entregar esse valor, um projeto de comunicação interna bem construído é ideal. Ele poderá ser um importante canal de reconhecimento e celebração de boas práticas e metas cumpridas. Isso irá ajudar a criar uma cultura de valorização e agradecimento na empresa.

A empresa deve ser dona da sua informação. A comunicação interna poderá combater as fofocas de corredor, conhecidas popularmente como “rádio-peão” ou “rádio-corredor”. Assim como jornalistas buscam fontes oficiais para se informarem sobre determinados assuntos, seus funcionários irão buscar você – e seu canal para informa-los será um projeto de comunicação interna.

Comunicação interna para millennials

E por último, mas não menos importante, a comunicação interna será um bom amigo para se ter ao lado em situações de crise internas ou externas. A regra diz que em momentos como esse, executivos devem se preservar e falar o menos possível para evitar exposição. No entanto, sabendo o que, quando e como comunicar pode transformar uma situação catastrófica em um cenário positivo, em que o executivo estará rodeado de aliados.

Interessado em investir na comunicação interna da sua empresa? Nos pergunte como.

 

Gostou do artigo?