7 dicas para um canal de qualidade no Youtube

 

Por Rodolfo Zanchin

No mundo contemporâneo, a quantidade de vlogs cresceu bastante e eles têm se tornado fonte de renda para muitas pessoas. A nova geração está acostumada a decidir o que irá assistir, fato que deixa a TV um pouco de lado e o Youtube em ascendência. Para mergulhar nesse universo, há alguns passos básicos. A Race fez uma lista para ajudar os novos vlogueiros:

1. Layout A imagem é a porta de entrada do canal. Por meio delas, o telespectador terá um panorama sobre o engajamento do autor e a “seriedade” do conteúdo. Imagens bem selecionadas ou montagens próprias do canal são ótimas opções para conquistar seguidores.

 

2. Qualidade Com a nova tecnologia HD, tornou-se necessário uma ótima qualidade de imagem e som, aposte nisso. Além disso, técnicas de filmagem como, por exemplo foco, exposição, ângulos e câmera estática (muito balanço enjoa) precisam ter prioridade para o conteúdo ganhar destaque na rede. Confira aqui no blog da Race dicas sobre enquadramento.

 

3. Conteúdo Além de uma qualidade de imagem e som aprimorada, o conteúdo é o carro-chefe do canal, certo? Ser fiel a um único conteúdo e apresentar fatos e dados relevantes são grandes passos para engajar seguidores e tornar-se referência no assunto. Além disso, elaborar uma “abertura” para todos os vídeos faz o canal ter uma marca própria (slogan). Arrisque nos bordões para criar uma identidade visual.

 

4. Público Conhecer o público é uma tarefa fundamental para produção de conteúdo. Saber a faixa etária, assuntos de interesse ou motivos que os fazem acessar o seu canal é ótimo para direcionar ou repensar o conteúdo que será veiculado. Gírias ou palavrões, por exemplo, só se encaixam para um público específico, pense nisso.

 

5. Descrição e tags A descrição e as tags são ótimas para “aparecer” nos mecanismos de busca. Tente encontrar algumas palavras-chave e utilize isso para uma completa descrição do vídeo e na elaboração do maior número de tags. Dessa forma, você poderá impactar novos fãs.

 

6. Legenda O conteúdo transcrito é uma ótima forma para oferecer acessibilidade. Além de melhorar a visibilidade nos mecanismos de busca, a legenda auxilia principalmente em momentos que existe restrição de som.

 

7. Link de vídeos Outra ferramenta muito interessante é a possibilidade de colocar links no próprio vídeo. É necessário utilizar isso com cautela, pois corre o risco de se tornar enjoativo. Mas, é uma ótima opção para fidelizar o telespectador, fazendo com que ele permaneça mais tempo no seu canal e, consequentemente, acesse o conteúdo.

 

* Rodolfo Zanchin é Assessor de imprensa na Race Comunicação.

Quer entender mais sobre esse assuntos? Clique aqui e veja mais informações sobre alguns serviços oferecidos pela Race Comunicação.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?