6 coisas que não devem faltar no seu press release

Por Filipe Andrade

Em assessoria de imprensa é fundamental sempre lembrarmos de um ponto: um bom release de imprensa, bem direcionado, atingirá em cheio seus principais objetivos – atrair a atenção de jornalistas para divulgação de determinada informação e trazer maior visibilidade para sua organização. Entretanto, um press release mal estruturado e com direcionamento falho resulta em perda de tempo de quem o elaborou e aversão de quem o recebeu; e o destino do material será a lixeira do e-mail.

Por isso, preparamos algumas dicas a serem consideradas na hora de se preparar um release para imprensa.

1 – Seja objetivo:

Um bom press release sempre será aquele que, em poucas palavras, consegue sintetizar todo o conteúdo, ou seja, apresenta os fatos mais importantes em um texto conciso e de fácil leitura. Portanto, nada de procrastinação em um release para imprensa. Use frases curtas e diretas.

“Você deve partir do pressuposto que a pessoa que lerá seu release não tem tempo para gastar com textos longos e desnecessários. Quanto mais objetivo você for, mais chances tem de lerem seu texto. Então, quando seu release estiver pronto, leia-o de novo e corte palavras. Com certeza há algumas que não precisam estar ali”, escreve Rubens Moraes ao Portal Comunique-se.

 2 – Elabore títulos e subtítulos impactantes (e objetivos também):

A máxima de que ‘a primeira impressão é a que fica’ é evidente quando se trata de releases. Título pobre ou sem objetividade não atrairá a atenção do público leitor e o press release, consequentemente, não trará o retorno desejado.

 3 – Informação relevante:

“Se alguém ligar para lhe pedir alguma informação sobre seu release, você o escreveu errado”, escreve Rubens Moraes. Um dos maiores erros na hora de escrever o release para imprensa é a falta de informação. Para evitar esse problema, a dica é ler e revisar com atenção o release, conferindo se as principais informações estão ali.

O mesmo vale para imagens. Bons exemplos de releases relevantes são aqueles que oferecem todos os dados que o jornalista precisa, inclusive fotos.

4 – Contato:

‘Faça-se conhecido’ por seu público. Um dos principais equívocos em um press release é a ausência de um contato. O motivo é simples: um press release visa chamar a atenção de um veículo noticioso para determinado assunto. E sem contato, sem retorno.

5 – Mais do que um press release, ‘ofereça uma pauta’:

Mais do que informações, um bom release para imprensa pode contribuir para a construção e desenvolvimento de uma pauta. Isto se dá quando o autor do texto procura contextualizar seu tema, ampliando a visão sobre determinado assunto e possibilitando a veiculação da informação desejada. Informações adicionais, dados do mercado em que sua organização atua, por exemplo, são sempre relevantes. Mas, nunca é demais lembrar, contextualize sem se esquecer da objetividade.

6 – Conheça seu leitor e direcione para o público certo:

Saiba para quem seus press releases são enviados. Neste quesito, quantidade nunca será sinônimo de qualidade. Defina bem seu público de acordo com o conteúdo que for mais relevante para aquele veículo. Releases que não agregam para o repórter serão automaticamente descartados. Por isso, vá direto ao ponto!

*Filipe Andrade é assessor de imprensa na Race Comunicação

Ficou interessado em produção de releases? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços oferecidos pela Race Comunicação.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?