6 ações para ajudar no engajamento interno

6 ações para ajudar no engajamento interno

“Quem não comunica, se trumbica”. A frase dita por Chacrinha, um dos ícones da televisão brasileira, há décadas, permanece mais atual que nunca. A comunicação é o ponto chave das relações humanas, sejam em âmbito social ou profissional. Expressar de maneira clara pensamentos e sentimentos pode amenizar ou até evitar aborrecimentos futuros, principalmente no trabalho. Por isso separamos hoje para você 6 ações que refletem como a comunicação pode ajudar no engajamento interno.

É comum que existam períodos de desmotivação entre profissionais de uma empresa, que podem não estar relacionados ao ambiente profissional em si, mas por questões pessoais. Em ambos os casos, é importante existir um canal de comunicação sincero e direto entre gestores e colaboradores, pois a comunicação precisa ser uma ferramenta de engajamento e de solução de problemas dentro das empresas.

E, além de servir como um termômetro de conflitos, mas também para buscar soluções. Para isso, a comunicação interna e o endomarketing (marketing interno) são tão valorizado: eles são pontes entre a gestão e a operação, uma ligação essencial para clima organizacional e os resultados, afinal, funcionários engajados têm mais motivação para novos desafios e metas.

Abaixo, veja como a comunicação interna e o endomarketing podem ajudar na motivação dos colaboradores em 6 ações:

Veículos internos

Manter a equipe atualizada dos acontecimentos da empresa é o primeiro passo para a comunicação interna. Jornais, murais, newsletter ou revistas internas cumprem bem esse papel. Além de anunciar novas regras, listas de aniversários e feriados ao longo do ano, é possível investir em conteúdos ricos com dicas de saúdes, eventos na cidade e notícias importantes que impactem no negócio.

Eventos internos

Quem não adora aquele happy hour depois de um dia cansativo de trabalho? Esses eventos e confraternizações são ótimas oportunidades de sair da rotina e conhecer os colegas de trabalho de uma nova perspectiva. Todos estão mais descontraídos e dispostos a mostrar um lado que muitas vezes fica escondido pela rotina e demandas de trabalho. Também vale trazer a família dos funcionários em datas especiais como Dia das Mães, dos Pais ou das Crianças, promovendo um clima de integração.

Comunicação corporativa na era digital

Integração

A integração entre a equipe não precisa acontecer somente em ambiente de festa e comemoração: é possível promover ações internas para aproximar as pessoas, com projetos especiais, desafios e dinâmicas em grupo. Assim, gestores e colaboradores podem se conhecer melhor, entender os desafios e papel de cada um na empresa.

Cursos de capacitação

Oferecer a possibilidade de cursos e especializações é uma ótima maneira de melhorar habilidades técnicas, estratégicas, a confiança e autoestima dos profissionais. Conhecimento nunca é demais, e sempre será usado a favor do negócio, capacitando colaboradores e estimulando resultados positivos.

Sorteios e concursos

Quem não gosta de um brinde? Presentes são uma das maneiras de demonstrar afeto e carinho para as pessoas, desde um day off até uma viagem de fim de semana para os ganhadores. Sorteios e concursos podem ser oferecidos como prêmio para novas ideias e projetos importantes dentro da organização, motivando o funcionário a se engajar e propor coisas novas em sua área de atuação.

Retenção e motivação de talentos

A etapa de contratar um novo talento não acaba na admissão. Após a entrada e período de experiência, é imprescindível manter os profissionais motivados. Estabeleça um plano de carreira para eles, deixando claro as oportunidades de crescimento e oferecendo ferramentas para que adquiram as habilidades e conhecimento necessário nessa ascensão profissional. Além de deixar sempre claro expectativas, pontos fortes e pontos a serem melhorados de tempos em tempos.

Com essas ideias, o clima organizacional pode melhorar muito. Aposte na comunicação para virar a chave e estabelecer um ambiente cada vez mais agradável e condizente com as expectativas de gestores e colaboradores.

Por Bárbara Christan

 

Gostou do artigo?