10 regras para contratar uma agência de assessoria de imprensa

Por Rogério Artoni

Empresas estão sempre buscando novos fornecedores de comunicação corporativa, contudo, muitas vezes não sabem exatamente que tipo de informações precisam para contratar e o que é realmente relevante para se avaliar bem uma agência. Confira abaixo algumas dicas de que pontos precisam ser levados em conta para se contratar uma assessoria de imprensa:

Briefing: faça uma lista com as suas necessidades e o que você espera de uma agência de comunicação corporativa. Se você precisa contratar uma empresa de assessoria de imprensa vale pensar em um briefing mais elaborado (leia este texto sobre PR Plan, pode ser um caminho para montar um bom briefing). Essencialmente o briefing deverá ter o que você espera. Ou seja, quais são os objetivos com esse trabalho de assessoria de imprensa, que tipos de veículos você pretende atingir, qual é o seu público-alvo, quanto tempo deverá durar o contrato e outras informações que você achar relevantes.

Padronize propostas: cada agência manda proposta de uma forma. Peça para que todas mandem do mesmo jeito, ou por horas contratadas por tipo de profissional ou por volume de releases ou por volume de ações. Tenha propostas que ofereçam exatamente as mesmas coisas para poder comparar da forma certa.

Confira quem fará o atendimento: Tenha certeza de qual é o profissional vai te atender. Pode ser um relações-públicas ou mesmo um jornalista, mas eles são formados ou têm experiência em assessoria de imprensa? Vale pedir um currículo de quem vai estar em contato com você o tempo todo. Muitas empresas prometem profissionais sêniores, mas na hora do atendimento o cliente tem um estagiário ou mesmo um profissional recém-formado. Nada contra quem acabou de se formar ou ainda não se formou, mas se o contrato diz que é um profissional sênior, precisa ser um profissional sênior (com pelo menos 10 anos de experiência).

Procure empresas sérias: fuja de empresas que garantam resultados como, por exemplo: “garantimos a publicação em três veículos de comunicação”. Nenhuma empresa de comunicação corporativa que trabalha com assessoria de imprensa vai garantir um número de publicações. Até porque, publicar em três sites sem relevância alguma não vale muito para quem está contratando. Com certeza haverá muitas e muitas publicações ao se contratar uma empresa séria, mas não existe garantia de quantas matérias sairão, em quais veículos, que tamanho ou mesmo o que sairá.

Defina o tipo de agência: depois de fazer o briefing, você já terá uma ideia de que tipo de agência está procurando. Contudo, muitas vezes o que a empresa precisa não é necessariamente um trabalho de assessoria de imprensa. Pode ser que a necessidade seja criar um vídeo institucional, gerenciar as redes sociais ou mesmo criação e design de material online ou off-line.

Conheça a agência: visite o escritório da empresa e conheça a estrutura de quem vai te atender. Nesse ponto você saberá como a nova parceira comercial que irá trabalhar com sua companhia está estabelecida. Converse em particular com um dos funcionários e pergunte como é a gestão. É importante que tenha uma gestão de qualidade, afinal é uma terceirização de serviços e essa agência será um braço da sua empresa ou departamento.

Analise cases: peça cases que sejam na sua área de atuação. Em vários casos as empresas não terão cases na sua área e aí vale pensar se aquela é uma agência apta a atender a comunicação da sua companhia.

Peça referências: solicite cartas de referências e contatos para tirar informações. Fale com as pessoas que já foram atendidas e pergunte como foi o trabalho, que tipo de problema a empresa apresenta, que tipo de diferencial eles têm e como é o dia a dia.

Analise o tamanho da agência: empresas de comunicação de pequeno porte podem dar muito mais atenção ao cliente. Elas estão cada vez mais aptas a atender clientes muito grandes, trazendo resultados expressivos com valores mais acessíveis.

Compare preços e benefícios: como em todo e qualquer contrato, preço é um grande diferencial, mas os benefícios e o profissionalismo de quem está sendo contratado também deve ser pesado.

Se você está procurando uma agência para contratar, entre em contato conosco e veja de que forma podemos ajudar.

* Rogério Artoni é Diretor na Race Comunicação.

Ficou interessado sobre 10 regras para contratar uma agência de assessoria de imprensa? Clique aqui e veja mais informações sobre esse e outros serviços oferecidos pela Race Comunicação.

0/5 (0 Reviews)
Gostou do artigo?