Conteúdo patrocinado: por que essa estratégia de comunicação é tão importante?

conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado: por que essa estratégia de comunicação é tão importante?

Em um mundo cada vez mais digital, estar presente nas mídias e canais on-line é uma tarefa fundamental para as empresas que visam estreitar o relacionamento com seus consumidores e públicos-alvo. Mas é preciso ir além do básico para fazer sua mensagem ser atrativa ao leitor – e como fazer isso de forma eficaz?

O conteúdo patrocinado, também conhecido como branded content, é uma estratégia de marketing cada vez mais utilizada para dialogar com o público-alvo. Consiste, explicando objetivamente, na criação de conteúdo diretamente relacionado ao que a empresa quer comunicar em um veículo de comunicação. Mas, diferentemente de anúncios publicitários em formatos de propaganda e banners, a estratégia de abordagem é diferente: o branded content tem como função passar informações relevantes e que sejam de interesse público, não apenas impactar momentaneamente o usuário.

Leia mais
jogos olímpicos

Jogos Olímpicos e pandemia trazem aprendizados também às assessorias

Maior evento esportivo do planeta, os Jogos Olímpicos naturalmente também foram afetados diretamente pela pandemia do coronavírus. A edição de 2020, marcada para Tóquio, no Japão, precisou ser adiada em um ano e terá sua abertura ocorrendo no próximo dia 23 de julho. Mas não foram apenas atletas e treinadores que tiveram que se reinventar neste período. A mídia, de forma geral, também passou por uma reciclagem forçada na forma de fazer o seu trabalho e isso, por tabela, também afetou a rotina das assessorias de imprensa.

Por sua própria natureza, o esporte tem uma relação especial entre o jornalista e a fonte de informação. É no calor das partidas ou treinamentos que a imprensa vai em busca dos personagens para suas reportagens e onde o assessor de imprensa está sempre presente, ajudando a estreitar o relacionamento entre seu cliente e os veículos de comunicação.

Leia mais
podcasts

Podcasts: por que a sua empresa deveria investir?

O mundo se divide entre dois tipos de pessoas: aquelas que são apaixonadas por podcasts e as que ainda não sabem o que é isso (se você é um deles, clique aqui). Sim, porque quando elas descobrirem que é possível consumir conteúdo de qualidade sem que seus olhos estejam grudados na tela do celular, além de poder realizar outras tarefas enquanto se informam, certamente elas entrarão para o primeiro grupo.

Excessos à parte, mesmo que exista uma parcela da população que ainda não tenha se rendido a este formato de comunicação, sua empresa já precisa começar a olhar para ele como uma ferramenta extremamente estratégica no que diz respeito a disseminação de conteúdo. É preciso estar preparado para acolher os vanguardistas deste movimento e também impressionar aqueles que chegarão em breve. E sabe por que?

Leia mais
comunicação interna

Quem são os principais agentes da Comunicação Interna

Conhece a máxima “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”, não é? Pois bem, em uma empresa que se preocupa com seus funcionários e que tem real consciência do que é a comunicação interna, essa deve ser uma sentença proibida. Mas por quê? Porque todo mundo está comunicando o tempo todo. Pense quantas vezes utilizamos essa mesma frase para nos isentar de qualquer ação que não conseguimos (ou não temos paciência para) justificar?

Não é novidade que cada vez mais se buscam relações organizacionais mais humanizadas, engajadas e com propósitos bem definidos. As pessoas querem poder falar e serem ouvidas, elas têm opiniões e querem que elas sejam respeitadas e valorizadas no local onde trabalham. Nesse sentido, não há mais espaço para a comunicação unidirecional, não basta o time responsável pela comunicação gerar boas mensagens na linha do que a empresa deseja, se essas mensagens não refletirem as ações dos funcionários, da presidência, do time operacional.

Leia mais
media training

Media Training: o que é, como fazer e quais os resultados para os negócios

Se comunicar e relacionar com a imprensa parece uma tarefa simples, mas não é. Saber se posicionar e passar as mensagens da empresa da forma correta diante dos jornalistas é um exercício constante, afinal, mesmo um pequeno deslize pode trazer grandes consequências.

Para construir essa segurança e aperfeiçoar a exposição na mídia através de porta-vozes, o media training é o principal meio e ajuda a evitar possíveis crises de imagem na mídia.  

Mas como esse treinamento é organizado? Pensando nisso, respondemos as principais dúvidas sobre media training abaixo:

Leia mais
prgn

Race Comunicação passa a integrar rede global de agências de relações públicas

A partir deste mês, a Race Comunicação passa a integrar o portfólio da Public Relations Global Network (PRGN), sendo a única brasileira no grupo de agências. Esse é mais um passo para o crescimento dos negócios e a expansão de parcerias internacionais, já que poderá trocar experiências com outras 53 agências espalhadas por cinco continentes globais.

Há mais de 20 anos no mercado da comunicação, e com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás, a Race foi reconhecida como a terceira agência de comunicação com crescimento mais rápido nas Américas (exceto Estados Unidos) pelo The Holmes Report (agora, PRovoke) em 2018. Na sua estante de troféus, coleciona reconhecimentos, como Prêmio Aberje e Trófeu Jatobá, além de ter sido finalista na categoria LATAM do PRWeek Global Awards em 2018 e 2019.

Leia mais
presença digital

Presença digital: uma ação indispensável para intensificar o crescimento do seu negócio

A Era Digital tem revolucionado a forma como nos comunicamos e, principalmente, como as empresas devem dialogar com o seu público. Nesse sentido, uma presença digital bem consolidada faz toda a diferença na hora de atrair, entreter e fidelizar clientes.

É bastante comum, nos dias atuais, o hábito de pesquisar um produto ou marca em uma ferramenta de pesquisa ou nas redes sociais. Afinal, ao fazer essa pesquisa é possível confirmar se uma empresa realmente existe e se está bem posicionada no mercado.

Mas, se nessa busca pela presença digital da empresa, você não encontrar informações, logo o radar da desconfiança apita!

Leia mais
monitoramento

Monitoramento de redes sociais: 4 dicas para ficar atento

Como é feito o monitoramento das redes sociais da sua marca?

Neste artigo mostro 4 dicas para se atentar e construir uma análise focada em resultados reais.

Vivemos em um mundo onde as notícias e opiniões circulam 24 horas por dia. Em um piscar de olhos, uma mesma informação pode percorrer o mundo todo e essa velocidade de informação não ocorre somente com notícias. Devido ao cenário pandêmico enfrentado pelo mundo em 2020, essas ações aumentaram e hoje em dia as pessoas acabam por comentar sobre tudo e todos. Isso inclui, filmes, séries, famosos, e é claro, marcas.

É necessário entender que, através dessas discussões online, muitas novas oportunidades de melhorar o seu negócio podem surgir.

Às vezes uma simples conversa entre duas pessoas no Twitter pode fazer com que você identifique um insight legal para a sua empresa, ou descobrir o que os seus consumidores estão ou não estão gostando de seus produtos ou mensagem-chave.

Leia mais
scrollytelling

Scrollytelling: o dinamismo por trás da narração de histórias

Assim como quase tudo que existe, a comunicação também tem suas fases e trago aqui uma nova tendência: o  scrollytelling.

Passamos anos entendendo que a maneira correta de comunicar acontecimentos era por meio de longas e minuciosa matérias, seja em veículos impressos ou na TV e no rádio. Com a chegada da internet, e o aumento de veículos on-line, as notícias ganharam um novo rumo, o tempo começou a ser mais escasso, havia pressa para informar os fatos, então, as matérias passaram a ser mais diretas.

E, as mudanças não pararam por aí. O Twitter, considerado hoje a rede social mais valiosa para jornalistas de todo o mundo – segundo a State of Journalism 2021, fez com que tralhássemos nosso poder de síntese: era preciso comunicar em apenas 140 caracteres (e depois em 280), pois ao postar muitos tweets sobre o mesma assunto, sua linha de raciocínio poderia ser perdida no feed dos usuários.

Hoje, muito por conta do aumento do uso de smartphones, ganha força uma nova maneira de publicar conteúdos no mundo virtual, o scrollytelling.

Leia mais
tradução

Tradução de idiomas para empresas: a chave para bons negócios

A relevância do domínio das línguas estrangeiras e da tradução, foram a fonte inspiradora para escrever este artigo que procura destacar a importância do trabalho do tradutor no mundo corporativo.

Faz bastante tempo que vivemos num mundo globalizado. O planeta é, na verdade, uma aldeia global, pois as relações comerciais, diplomáticas e culturais terminam por aproximar ainda mais as nações. Podemos tomar, por exemplo, o Brasil, que consome produtos que vem de outros países do continente; recebe turistas de muitas partes do globo para o Carnaval e promove festivais de cinema em diversas cidades. Além disso, a rapidez das notícias de fatos ocorridos em outros continentes nos impactam quase que imediatamente, principalmente quando são relativos à economia, como as oscilações da bolsa de valores ou a queda de um líder político.

Contudo, a globalização nos impõe ainda alguns desafios. Um deles é o fator idiomático. A globalização não trouxe uma língua que unificasse ou auxiliasse nas relações comerciais. Aliás, é bom recordar que em meados do século XX, procurou-se criar e difundir um idioma que fosse global: o esperanto. Mas a difusão foi tímida e em pouco tempo ninguém mais levou essa iniciativa adiante. Assim, o que temos hoje é o trânsito de diferentes línguas em contratos, documentos, livros, revistas, dossiês etc. Naturalmente, alguns idiomas impõem-se devido à sua importância geográfica e econômico-político-social, como é o caso do inglês.

No Brasil, nas relações econômicas e culturais com outros países, é o inglês que mais domina. Em segundo lugar, temos o espanhol e, depois, o francês e o mandarim. Segundo a revista Exame (2016), o “inglês e espanhol, de longe, são os idiomas mais frequentes nos requisitos para oportunidades profissionais” e o “francês é a língua mais pedida, depois do inglês e do espanhol”.

A Race Comunicação conta com uma equipe de profissionais bilíngues para assessorar seus clientes, principalmente aqueles que têm filiais em outros países ou que precisam divulgar informações específicas em inglês ou espanhol.

Leia mais