O que falar ou não da sua empresa?

Por Leydiane Alves

Como sabemos e já ouvimos muito falar, a imagem que você passa da sua empresa diz muito sobre ela. Saber se posicionar bem diante de seus clientes e até mesmo da concorrência é tarefa fundamental para se destacar no mercado. E não é apenas saber falar dos pontos positivos do seu negócio. É mostrar a que veio e quais os seus diferenciais. Mas a dúvida é o que devemos ou não falar da empresa?

Estudos da área do marketing mostram que a redundância prejudica na hora de apresentar seu negócio, ou seja, não mostre o que é obvio demais, não perca tempo sendo redundante, isso pode dar a sensação de estar subestimando o seu cliente.

O primeiro passo é apresentar os pontos mais importantes da sua empresa. O objetivo é fazer com que a pessoa se interesse pelo assunto a ponto de buscar mais informações sobre o negócio.

Outra estratégia positiva é saber destacar as vantagens de ser cliente ou parceiro de sua empresa. Fale dos diferenciais oferecidos pela sua marca, mostre que vocês vieram para solucionar problemas, preencher lacunas e fazer a diferença na área que vocês atuam.

Tenha em mãos dados que comprovem a sua eficiência e saiba destacar resultados positivos obtidos por trabalhos realizados pela sua empresa.

Por último tenha postura e firmeza nas palavras no momento de apresentar sua empresa. Cuide de sua aparência, nunca se apresente de forma desleixada ou exagerada. Uma pesquisa da Universidade da Califórnia mostra que quatro minutos é o tempo que uma pessoa leva para formar as primeiras impressões sobre a outra. Segundo os números, 55% do bom ou do mau conceito toma por base a linguagem corporal, 38% dependem do tom de voz e apenas 7% se relacionam ao que foi dito.

 

Gostou do artigo?