O que é conteúdo de qualidade?

Por João Pedro Andrade

A comunicação corporativa está se tornando rapidamente um ambiente cada vez mais complexo e conectado. Nesse universo, o conteúdo de qualidade é quem manda. É ele quem vai ser o responsável por tornar sua empresa, sua campanha ou seu site relevantes – e fará com que as pessoas retornem a você.

Mas como produzir algum material relevante sem cair em armadilhas? Apesar do conceito de qualidade ser um tanto subjetivo, há alguns direcionamentos que podem auxiliar a encontrar o caminho.

Devemos partir do princípio que o bom conteúdo tem que ser bem escrito. Precisa ser claro e harmônico. Isso significa que é necessária uma ligação entre as ideias expostas. É importante elaborar a explicação dos conceitos de modo lógico, para que as informações complementem umas às outras.

É importante conhecer seu público e saber o que desperta a atenção deles. Quais são seus problemas e seus desejos? Se não sabe, descubra. As melhores empresas sabem com quem estão falando e direcionam sua comunicação para o público certo e da forma mais adequada.

Além disso, saber quem é seu público irá auxiliar na escolha do tipo de linguagem que será utilizada. Um vocabulário familiar tem mais chances de atingir uma resposta conveniente do que aquele que é estranho.

E é importante lembrar que mais conteúdo não necessariamente significa conteúdo melhor – por isso, objetividade. Gramática impecável é outro requisito básico. Dificilmente iremos encontrar um material tão bom que supere erros de português ou de digitação.

Se estiver na dúvida se seu conteúdo tem qualidade ou não, pergunte a si mesmo: “eu teria prazer em ler esse material? Por quê?” ou “essa informação está auxiliando meus usuários? Ela representa os valores da minha empresa?” Se sua resposta for satisfatória, você deverá estar no caminho certo.

Gostou do artigo?